Falar de SEXUALIDADE na Adolescência para tentar esclarecer um público Jovem, não é tarefa fácil. Normalmente, entre o que os adolescentes querem saber e o que lhes querem transmitir, existe um grande abismo!...

Por sua vez, tentar abordar os “Problemas da Sexualidade na Adolescência” ainda mais difícil se torna, visto que poucos estudos existem sobre essa mesma problemática.

O principal problema da sexualidade na Adolescência, é a falta de diálogo, ou seja, a sexualidade, que na adolescência assume a importância da descoberta de si mesmo, do próprio corpo, do prazer é, ainda hoje, muitas vezes um tema proibitivo aos jovens.

Para que a comunicação com o adolescente possa ocorrer, tanto em casa como no meio escolar, deve ser proporcionado um ambiente de compreensão ou empatia, de genuinidade e de aceitação e respeito pelo adolescente e suas dúvidas, sem fazer julgamentos de valor sobre as mesmas.


O que se entende por sexualidade?

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a sexualidade é “uma energia que nos motiva a procurar amor, contacto, ternura e intimidade; que se integra no modo como nos sentimos, movemos, tocamos e somos tocados; é ser-se sensual e ao mesmo tempo sexual, ela influencia pensamentos, sentimentos, acções e interacções, por isso, influencia a nossa saúde física e mental”.


Porquê falar de sexualidade aos adolescentes?

Porque é durante esse período que surgem transformações profundas no corpo, nas relações interpessoais, e em vários outros aspectos da vida. Surgem também dúvidas e inquietações, havendo por isso necessidade de esclarecer e clarificar essas questões respeitantes ao desenvolvimento biológico, psicológico, socio-familiar e obviamente sexual e afectivo.

É do senso comum que a ADOLESCÊNCIA é um período de grandes transformações e descobertas. Dentro destas, a sexualidade é um tema que naturalmente desperta muito interesse. Nesta etapa da vida, além da teoria, os jovens querem saber resolver questões práticas e as contradições que lhes vão na cabeça. Anseiam por informações precisas a respeito do namoro, masturbação, métodos contraceptivos, gravidez, Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), etc.

CAJ - Centro de Atendimento a Jovens de Coimbra - 2006


Que informação se deve transmitir?

Existem dois objectivos principais quando se fala de sexualidade e se transmite informação sobre o tema:

  • Encorajar o adolescente a adiar o início da sua actividade sexual;
  • Melhorar a utilização dos métodos contraceptivos entre os adolescentes que já são sexualmente activos.

Para tal, existe um conjunto de informações muito importantes a ser transmitidas:

  • Educar sobre sexualidade (órgãos e fisiologia/funcionamento, coito, gravidez, parto);
  • Ensinar o adolescente a tomar decisões de carácter sexual;
  • Contemplar a comunicação com os parceiros;
  • Informar sobre os riscos de saúde da actividade sexual (infecções sexualmente transmissíveis);
  • Esclarecer quais os riscos e consequências da gravidez na adolescência;  
  • Informar quais os métodos contraceptivos;
  • Explicar onde encontrar mais informação e ajuda médica;
  • Aumentar a auto-estima do adolescente;
  • Motivar o jovem a investir no seu futuro.

In www.sexualidades.info