A SEXUALIDADE EXISTE?... QUANDO?

Todos nós, desde que nascemos até que morremos, precisamos de estar próximos de outras pessoas. Esta é uma das maiores razões para que muitas das relações familiares e de amizade existam, durem muito tempo e às vezes nunca acabem.

 

Se precisamos de estar próximos de outras pessoas, significa que todos gostamos de receber carinhos, mimos, beijinhos e abraços, de nos sentirmos amados, protegidos e cuidados. Assim, é na altura que somos bebés que esta necessidade é maior, e é nesta idade que dependemos totalmente dos adultos que nos cuidam.

Com o passar do tempo, a nossa dependência dos outros diminui, vamos ficando mais independentes, ou seja, ganhamos pouco a pouco autonomia. Mas ao mesmo tempo vamos sentindo que gostamos não só de ser protegidos, cuidados e amados, mas que também gostamos de proteger, cuidar e amar. A necessidade de estar perto de outras pessoas continua durante toda a vida!

O que muda com o tempo são as formas de estar próximo dos outros, de dar e receber. A sexualidade vai aparecendo na adolescência e não é só a mudança em termos do nosso corpo - mudança física, e a necessidade de nos reproduzirmos, ou seja, de ter filhos - ou a necessidade biológica, é também e sobretudo, mais uma forma de estar próximo de alguém que escolhemos pelas suas qualidades, e com quem queremos estar, a quem queremos proteger, cuidar e amar, e por quem queremos ser protegidos, cuidados e amados, ou seja, termos uma relação romântica.

A sexualidade permite-nos também um maior conhecimento de nós próprios, do que pensamos e sentimos, perceber que coisas gostamos mais e menos, no nosso corpo e na relação que estabelecemos com os outros. A isto é chamado o auto-conhecimento. É muito importante que encontremos uma imagem positiva do nosso corpo e de nós próprios como pessoa.

Todos temos coisas boas, só precisamos procurá-las! Quanto mais nos conhecemos e gostamos de nós próprios, tanto mais podemos conhecer e gostar dos outros!

In www.sexualidades.info