A Adolescência é uma fase da vida onde se juntam grandes oportunidades, mas também alguns riscos. É na adolescência que despertamos para as primeiras paixões. O amor, a atracção e o desejo são vistos de uma maneira arrebatadora, forte e eterna. Aquela é a pessoa que queremos amar para o resto da nossa vida, com ela queremos ser felizes para sempre e temos a sensação que o seu amor de tudo nos protegerá. No amor sentimo-nos grandes, invulneráveis e capazes de tudo vencer. Este é um dos primeiros riscos, do qual não temos, por vezes, uma noção real.

Nesta etapa da vida, as hormonas fazem com que o corpo mude de dia para dia, é a voz que se altera, é as ancas que alargam e os pêlos que crescem… De um momento para o outro, começas a olhar de maneira diferente para o colega da carteira do lado, a amiga que te acompanha a casa todos os dias parece-te mais bonita e até sonhas com ela. Quando dás por ti… estás apaixonado!

Ao conseguires finalmente, conquistar o grande amor da tua vida, poderão surgir alguns riscos:
  • O risco de não saber dar um beijo e a ansiedade da primeira relação sexual; 
  • O risco de uma gravidez não desejada;
  • O risco de uma infecção sexualmente transmissível.

 Tantos riscos! Embora o início da vida sexual traga consigo alguns riscos acrescidos, torna-se numa aventura fantástica para a qual te deves preparar. Nesta, surgem angústias, medos e receios que acabam por fazer parte do teu crescimento.

  • O risco de uma doença sexualmente transmissível - Utiliza sempre o preservativo. Lembra-te que não basta utilizá-lo de vez em quando, um único contacto sexual sem preservativo pode conduzir a uma infecção sexualmente transmissível (e existem várias, não é só o VIH/ SIDA); 
  • O risco de uma gravidez não desejada - Procura informar-te sobre a eficácia dos métodos contraceptivos e escolhendo o melhor para ti. Não esqueças que o preservativo também protege de uma gravidez não desejada.
 Para ser adolescente e procurares a tua independência, a tua maneira de estar, a tua companhia, o teu prazer, a tua autonomia, não significa que tenhas de correr riscos desnecessários. 

Sê esperto. Ser inteligente é estar bem informado, evitando os riscos.

NÃO PENSES QUE SÓ ACONTECE AOS OUTROS!!!


http://juventude.gov.ptwww.apf.pt